Dicas para ler mais em 2016!

terça-feira, 12 de janeiro de 2016


   Muita gente começa o ano com a meta de ler mais. Seja por obrigação ou não, cada vez mais as pessoas parecem se dar conta que pouca coisa substitui uma boa leitura: você se torna um melhor escritor, consegue se expressar melhor, manda bem nos e-mails profissionais e até tem mais assunto! Mas como ler mais durante o ano? Existe algum truque para ler mais rápido? Bom, hoje vamos conversar sobre como podemos melhorar nossa leitura em qualidade e quantidade também! Prepare o espacinho na estante e vem comigo:

✎ Estabeleça metas possíveis para você

   Se você tem o costume de ler dez livros por ano, não queira ler dez livros por mês; pelo menos não no início. O gosto pela leitura é desenvolvido com o passar do tempo, e você pode começar aumentando em apenas um ou dois livros a sua quantidade rotineira. Isso torna sua meta muito mais possível, não correndo o risco de te desmotivar quando o final do ano estiver chegando e nem de bater aquela preguiça agora no começo.

✎ Não se compare

   Esse conselho é válido pra tudo na vida, né? Sempre vai ter alguém que você julga melhor do que você em algum aspecto. O foco é manter a consciência de que cada pessoa é única e tem um ritmo diferente. Respeite seu limite e saiba a hora de parar: não desperdice seu tempo lendo um livro apenas para dizer que leu mais um. Ler deve ser uma atividade que te proporcione prazer, na qual você consiga se concentrar e obter resultados positivos com aquilo. Pegue leve com si mesmo!

✎ Conheça seu ritmo e seu método favorito de leitura

   Você gosta e pode ler no caminho para o trabalho ou somente em casa? Prefere leitores eletrônicos ou o livro impresso tradicional? É importante você conhecer o que combina mais com você em termos de método de leitura para que possa aproveitá-lo ao máximo. Dessa forma, fica mais fácil você tomar gosto por livros (se ainda não o tiver) e inserir o hábito na sua rotina, sem que a leitura se torne uma tarefa que atrapalhe.

✎ Experimente vários tipos de literatura

   Essa dica é válida especialmente para quem "está começando", por assim dizer. Se você não é um leitor voraz e deseja se tornar um, é indispensável que você conheça qual o tipo de livro que mais te agrada. Isso você consegue somente tendo experiências variadas. Só lendo todo tipo de livro no começo é que você vai descobrir qual o tipo que mais te prende a atenção, te diverte e te ensina: assim como acontece com gastronomia e cinema, por exemplo. Você pode descobrir que determinado assunto do seu interesse possui uma vasta literatura sobre ele, e que ela te agrada bastante. Outra possibilidade é você perceber novos gostos e hobbies.

✎ Vai ler por obrigação? Ache os pontos positivos!

   Precisa ler um livro para fazer uma prova ou apresentar algum trabalho? Bom, o desafio aqui é justamente achar os pontos positivos - não apenas do livro propriamente dito, mas do que ele traz para você. Por exemplo: se você precisa ler um livro de um estilo com o qual não está acostumado, pode aproveitar para conhecer pelo menos mais um exemplar daquele gênero. Se você está lendo um clássico, pode entender melhor a sociedade daquela época, se interessar pelo país ou cultura retratados ou ainda aprender palavras novas.


✎ Se for fazer uma lista, faça do seu jeito

   É bem comum as pessoas anotarem os livros que desejam ler durante o ano. No meu caso, por exemplo, há um documento simples de Word com as leituras que pretendo fazer e as que fiz ano passado; não apenas por conta do blog, mas para me manter organizada e lembrar o que e quando li. Só pra facilitar, marco em vermelho após a leitura os livros que mais me agradaram.
   Você pode ter uma lista igual ou parecida com a minha ou pode fazer uma que se adeque melhor às suas necessidades e vontades. Vale planilha no Excel ou até fotos no celular (o que é especialmente válido quando você viu na livraria aquela sinopse que amou, mas sabe que vai esquecer o nome do livro!), tudo para melhorar seu aproveitamento durante o ano.

✎ Ler mais rápido: uma questão de prática

   Tarefas repetidas com frequência fazem com que o seu cérebro se acostume com elas e passe a realizá-las de maneira praticamente automática. Isso quer dizer que quanto mais você ler, mais rápida sua leitura ficará. Existem cursos (alguns gratuitos), matérias e vídeos na Internet sobre leitura dinâmica, método que promete maravilhas na velocidade da leitura.
   Particularmente, acredito que quando um livro prende sua atenção é muito mais fácil terminá-lo pelo simples fato de que você sente menos as páginas passarem. Confesso que já terminei leituras arrastadas, que demoraram mais do que deveriam apenas pelo fato de não estar interessada: eu tinha tempo para ler o livro, mas dava preferência a outras tarefas por vezes menos importantes. Nesse caso, se abandonar a leitura não é uma opção por algum motivo, é bacana focar em motivos para concluir a leitura (mais sobre isso na próxima dica).

✎ Tenha em mente seus motivos para ler 

   Essa vale especialmente se sua leitura ficou, por alguma razão, mais difícil. Tente focar nos motivos para concluir aquela leitura: você acha que o fim da história pode compensar? Precisa saber a conclusão para escrever sua redação? Não gosta de deixar sem terminar nenhuma história que começou a ler? Enfim, cada pessoa tem seus motivos para não abandonar uma leitura. Se não quer fazer isso, encontre o seu!

✎ Converse com quem gosta de ler

   Todo mundo tem aquele amigo, familiar ou colega vidrado em livros. Para quem está tentando adquirir gosto pela leitura ou até mesmo coletar mais dicas sobre como ler mais, é super interessante trocar ideias com essas pessoas. Quem tem o costume de ler pode te indicar novas histórias incríveis ou até fazer você criar curiosidade sobre novos estilos. Além disso, você pode aproveitar a situação para puxar assunto e fazer novas amizades, que tal?

✎ Saiba a opinião de quem já leu aquela história

   E aqui o Olhei no Rodapé e outros blogs podem te ajudar muito! Se você não sabe qual próximo livro comprar, por onde começar ou até mesmo se vale a pena prosseguir com sua leitura, ler sobre o livro que você está acompanhando pode ser bem proveitoso. Você terá uma série de opiniões que podem te ajudar a perceber se a história corresponde a sua expectativa ou se vale a pena começar outra; pode também colocar novos livros na sua lista de desejos e compartilhar visões de finais abertos. Aqui no Olhei no Rodapé tem indicações  de blogs, redes sociais e outros endereços super bacanas que te ajudam nisso; além é claro das Resenhas e dicas de leitura para o fim de semana (sessão Domingando). Você também pode conhecer um pouco mais sobre literatura e alguns autores no Prazer, Meu Nome É.

E aí, pessoal? Prontos para começar 2016 com o pé na estante? Espero que vocês tenham gostado do post. Aproveitando: o primeiro Domingando do ano está super especial, com uma indicação de leitura imperdível! Aguardo vocês no próximo post. Beijo!



0 comentários:

Postar um comentário

 
© Olhei no rodapé - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
imagem-logo